289 700 100
 
geral@cm-olhao.pt
 
A Câmara Municipal de Olhão decidiu juntar-se ao projeto humanitário que está a ser desenvolvido pela ACASO – Associação Cultural e de Apoio Social de Olhão, junto da população de Vila Nova de Oliveirinha, localidade do concelho de Tábua afetada pelos incêndios de outubro passado.

2017-058-acaso-aniversario
Na sequência da tragédia ocorrida no dia 15 de outubro de 2017, que destruiu grande parte do património cultural e identitário daquela localidade, a ACASO, através de um grupo de utentes do Centro Comunitário Al-Hain envolvidos no projeto “Lendas e Rendas”, pretende contribuir para a dinamização cultural e artística da região devastada, devolvendo a vida a espaços emblemáticos da vila do distrito de Coimbra que perderam a vivacidade com os incêndios.

Neste sentido, já no início de março, um grupo de utentes do projeto “Lendas e Rendas” vai deslocar-se a Vila Nova de Oliveirinha, para interagir e contribuir, juntamente com a população local, para a criação artística das peças a expor.

Juntamente com esta delegação, segue a ajuda da autarquia, que decidiu contribuir com 60 conjuntos de produtos alimentares tradicionais de Olhão. A par desta colaboração, e em parceria com a Conserveira do Sul, seguem também conservas, que serão, igualmente, entregues à população.

“É um motivo de satisfação imensa constatar o dinamismo e o espírito solidário desta IPSS do concelho, que não ficou indiferente a uma tragédia que aconteceu longe, mas que a todos nos tocou tão de perto”, refere a vereadora Elsa Parreira, acrescentando que “juntamos com todo o prazer o nosso contributo à missão da ACASO, pois não poderíamos focar indiferentes a este esforço tão meritório”.

A autarca remata, agradecendo à empresa Conserveira do Sul, “que, mais uma vez, soube dizer ‘presente’ e juntar à nossa a sua contribuição”.