289 700 100
 
geral@cm-olhao.pt
 
A Avenida da República, uma das principais artérias da cidade de Olhão, vai ser palco, de 20 de julho a 31 de agosto, de uma exposição, subordinada ao tema Oh meu Algarve. A instalação pretende alertar para a importância do pomar de sequeiro e os perigos da agricultura intensiva numa região tão frágil do ponto de vista climático como o Algarve.

2021-071-exposicao-oh-meu-algarve
A promotora da iniciativa – a ACASO - Associação Cultural e de Apoio Social de Olhão – levou a cabo, pela 6.ª vez, um projeto de âmbito cultural e artístico, que este ano se debruçou sob o tema da sustentabilidade ambiental, em particular da proteção do pomar de sequeiro do barrocal, suportando-se nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU.

Este projeto tem como objetivo geral a dinamização de um trabalho artístico com uma forte componente ambiental e cívica, que conta com a participação de vários concelhos algarvios, nomeadamente Olhão, São Brás de Alportel e Vila Real de Santo António.

A ideia foi criar uma visão ampla de todos os intervenientes, onde a luz solar incide nos objetos e materiais utilizados, criando uma atmosfera mágica e envolvente, de maneira a sensibilizar quem passa pela exposição para a beleza do conjunto da fauna e flora algarvias.

O resultado é a instalação que agora pode ser visitada na Avenida da República, composta por trabalhos realizados por utentes da ACASO e das outras associações dos concelhos abrangidos pelo projeto, feitos a partir de materiais reciclados, como garrafas, redes de pesca, ou croché.