289 700 100
 
geral@cm-olhao.pt
 
É já no próximo dia 9 de outubro, às 16h00, que o Auditório Municipal de Olhão (AMO) acolhe mais um espetáculo integrado no Central Artes, projeto de programação cultural em rede que decorre nos cinco municípios do Algarve Central, entre eles Olhão, desde 2020. Trata-se de DistanS, pela Companhia Vol’e Temps. Em complemento, realizam-se dois workshops, para os quais os interessados devem inscrever-se atempadamente.

2021-092-central-artes-olhao-distans-amo-00

Um pacto, um código secreto, uma cápsula do tempo, uma promessa... 20 anos depois, no mesmo lugar, à mesma hora. A velha casa na árvore onde dois amigos compartilhavam as suas tardes entre jogos, risos, fantasias e cumplicidades. É nesta viagem pelas emoções e pelas memórias do passado que DistanS nos vai guiar. O tempo passa e a distância é inevitável, mas não significa necessariamente esquecer. Como dizia a música, 20 anos não é nada... E dois personagens encontraram uma maneira de ficar juntos na distância, mesmo que a vida os leve por caminhos diferentes.

Nesse mesmo dia 9 de outubro, mas logo pela manhã, entre as 10h00 e as 12h00, realiza-se o workshop “Introdução às várias disciplinas circenses”, destinado a crianças a partir dos três anos, no jardim exterior do AMO. Aqui serão abordadas as disciplinas de malabarismo, acrobacia, rolamento acrobático, balance ball, roll ball e corda bamba ou slackline.

No dia anterior, 8 de outubro, das 18h00 às 19h00, igualmente no AMO, decorre o workshop “Nos Bastidores”, destinado ao público em geral. Esta iniciativa consiste na visita aos bastidores de um espetáculo que inclui interação com os artistas.

Ambos os workshops, também realizados no âmbito do Central Artes, carecem de inscrições prévias, limitadas, que devem ser feitas para o e-mail inscricoes@cm-olhao.pt até ao dia 7 de outubro.

2021-092-central-artes-olhao-distans-amo-02

Voltando a DistanS, este é um espetáculo que fala da amizade, das memórias que permanecem vivas nos nossos corações apesar dos anos. Fala da fragilidade do ser humano, da rutura, da solidão e do amor, capazes de regenerar e reconstruir as nossas relações com os outros.

No palco do AMO, na tarde de 9 de outubro, poderemos assistir a “uma viagem pelas emoções num espaço visual e sonoro que envolve o circo acrobático, o teatro gestual, um espetáculo orgânico, sensível e divertido”. Com este espetáculo, a Companhia Vol’e Temps mergulha nas emoções que o risco das disciplinas circenses e da atuação teatral são capazes de gerar. Poses acrobáticas, acrobacias dinâmicas, corda bamba, malabarismo musical, música ao vivo, barra fixa, teatro gestual, são as ferramentas que, apoiadas na dramaturgia, compõem uma história próxima e emocionante capaz de mover todos os públicos e transmitir valores necessários para uma sociedade atual.

O Central Artes, no qual se inclui esta programação, resulta de uma candidatura a fundos estruturais do CRESC 2020, programa que pretende promover um desenvolvimento equilibrado, afirmando o Algarve como uma região mais competitiva, resiliente, empreendedora e sustentável, reforçada com base na valorização do conhecimento.

As entradas são gratuitas, podendo os bilhetes (limitados a dois por pessoa) ser levantados na bilheteira do Auditório Municipal de Olhão no seu horário de funcionamento.

De acordo com as atuais orientações da DGS, no interior do Auditório é obrigatório o uso de máscara e a desinfeção das mãos.

2021-092-central-artes-olhao-distans-amo-01