289 700 100
 
geral@cm-olhao.pt
 
2014-072-Visita-ReitorO Presidente do Município de Olhão, António Miguel Pina, recebeu, na passada sexta feira, 23 de maio, o Reitor da Universidade do Algarve (UAlg), António Branco, para uma visita ao concelho. O Reitor, que quis promover estas visitas na região para se dar a conhecer, diz que as expetativas foram “largamente superadas”.

Em Olhão, o 11º concelho que António Branco visitou, o edil António Pina apresentou algumas das instituições e empresas do concelho, tal como os Viveiros Monterosa, a Unidade de Desabituação do Algarve, a renovada Escola Secundária Dr. Francisco Fernandes Lopes, a empresa conserveira FreitasMar, a Associação Cultural e de Apoio Social de Olhão (ACASO), o Movimento Juvenil de Olhão (MOJU) e o Conservatório de Música de Olhão, já no final do dia, onde os visitantes foram brindados com um concerto.

No início da visita, o Reitor da UAlg foi recebido nos Paços do Concelho, onde o presidente da autarquia fez uma apresentação sumária das caraterísticas do concelho. O autarca referiu que esta “é uma iniciativa inédita da reitoria da UAlg, o que é de louvar, para assim perceber a realidade da região”.

Nesta visita, António Pina explicou o que quis dar a conhecer ao responsável da UAlg: “Pretendemos dar uma panorâmica geral e mostrar o que é a realidade do concelho, a parte empresarial – setor primário, secundário e alguma abordagem ao terciário – bem como o ensino e a parte social, e mostrar as ligações que já existem com a UAlg, desde os quadros superiores e técnicos, aos professores das escolas, aos engenheiros da indústria conserveira, até à área social, muitos dos nossos técnicos são fruto da Universidade do Algarve”. Para o edil olhanense é “muito importante continuar a apostar numa maior proximidade da autarquia com a Universidade em áreas como as pescas, a agricultura e o turismo”, mas rejeita que o concelho e a Universidade estejam de costas voltadas.
2014-072-Visita-Reitor22014-072-Visita-Reitor3

Por seu lado, António Branco considerou que se o presidente da autarquia olhanense refere esta ligação e tem noção de que ela já existe, cabe ao Reitor torná-la mais visível e reafirmar a sua disponibilidade para que essa relação seja, cada vez mais, útil para as duas partes. “A Universidade não pode ser entendida como uma prestadora de serviços à região, porque a região também presta serviços à Universidade”, defende o Reitor. António Banco salientou ainda os vários desafios que têm sido colocados à Universidade, inclusive em Olhão, garantindo que os tem registado e que os levará para dentro da instituição para, no seu seio, encontrar os investigadores ou parceiros que possam estabelecer protocolos de trabalho. 

Este foi o 11º concelho visitado pelo reitor, que em jeito de balanço garantiu que estas visitas têm superado as suas expetativas. Explicou que sentiu necessidade de fazer estas visitas para se dar a conhecer à região, pois tinha consciência de que era pouco conhecido pelas forças vivas do Algarve. António Branco tem agora noção de que estas visitas estão a ultrapassar esta sua ideia inicial e que, por isso, a própria imagem da instituição está a ser colocada no ponto onde é justo ser colocada e conclui: “há uma relação muito íntima entre a UAlg e a região.”
2014-072-Visita-Reitor42014-072-Visita-Reitor5