289 700 100
 
geral@cm-olhao.pt
 
2014-144-ana-maria-magalhaes03Ana Maria Magalhães, autora dos livros “Uma Aventura…”, entre outros, foi a “estrela” dos mais pequenos durante três dias em Olhão. A escritora divulgou a sua obra junto de mais de 1000 alunos das escolas do 1º Ciclo do Concelho, atividade organizada pela Rede de Bibliotecas de Olhão, em parceria com a Câmara Municipal, entre outras entidades.

Nos dias 27, 28 e 29 de outubro, e no âmbito do Mês Internacional das Bibliotecas Escolares, esta iniciativa, que foi aberta a todos os alunos do 1º Ciclo, passou pelo Auditório Municipal de Olhão, escolas do 1º ciclo de Moncarapacho e Fuseta e pela Universidade do Algarve, que também se juntou a esta iniciativa.

Esta foi mais uma das atividades promovidas pela Rede de Bibliotecas de Olhão em outubro. Neste Mês Internacional das Bibliotecas Escolares, realizaram-se outras iniciativas, como a Hora do Conto “Simão Mentiras”, para os alunos do pré-escolar, em articulação com a Biblioteca Municipal de Olhão e “Leituras Encenadas” para os 2º e 3º ciclos e ensino secundário, em articulação com o grupo de teatro “A Gorda” e a Divisão de Cultura da Câmara Municipal.

2014-144-ana-maria-magalhaes022014-144-ana-maria-magalhaes04















No dia 27 de outubro – Dia das Bibliotecas Escolares –, realizou-se em todas as escolas públicas e privadas de Olhão a atividade “Olhão a Ler”, em que todos os alunos das escolas do concelho pararam, à mesma hora, para ler um pequeno texto. 

2014-144-ana-maria-magalhaes01
Nestas diversas atividades, em que se pretendeu “proporcionar momentos únicos a todos os alunos do concelho, promovendo a literacia da leitura, competência básica na formação de cidadãos letrados, informados, críticos e resilientes”, os jovens alunos olhanenses ficaram mais ricos de saber e de curiosidade. Por exemplo, nos encontros com a escritora Ana Maria Magalhães foi evidente o seu interesse pelos escritos da autora, mantendo com a mesma animados diálogos sobre a sua vasta obra.

Ana Maria Magalhães, professora de profissão e que começou aos 36 anos a escrever livros com Isabel Alçada, elogiou a iniciativa que decorreu em Olhão, onde passou três dias a conviver com cerca de 1100 alunos, dizendo ter sido “muito bem recebida” e que “o contacto com os alunos foi muito bom”. Depois de várias sessões no Auditório Municipal de Olhão, onde para além de falar dos seus livros também deu muitos autógrafos, a escritora elogiou aquele “magnífico espaço, com uma ótima acústica”.