289 700 100
 
geral@cm-olhao.pt
 
2014-174-amo-em-dezembroA apresentação do filme “100 Anos de História do Sporting Clube Olhanense” já na próxima quinta-feira, 4 de dezembro, às 21h30, abre um mês recheado de atividades no Auditório Municipal de Olhão. Em dezembro também há eventos organizados por escolas e os habituais espetáculos propostos pelo Município.

“100 Anos de História do Sporting Clube Olhanense” é um documentário que conta a história de um dos mais carismáticos clubes algarvios e de Portugal. O centenário S. C. Olhanense, que já tinha a sua história em livro, vê passado agora para o grande ecrã todas as conquistas desde o início da sua fundação, em abril de 1912, até hoje. O filme tem mais de duas horas de duração e conta com depoimentos de muitas das figuras lendárias que passaram pelo emblema algarvio.

O Município apoia esta iniciativa cedendo o Auditório Municipal, o mesmo acontecendo com o concerto previsto para o dia 6 de dezembro, também às 21h30, pela Banda Filarmónica 1º de Dezembro, de Moncarapacho, uma das mais antigas do Algarve, que assim comemora os seus 150 anos de existência.

Nos dias 9 e 10 de dezembro a Junta de Freguesia de Olhão preparou para os alunos das escolas do Largo da Feira e da Cavalinha a projeção do filme “Os Matraquilhos”, com sessões agendadas para as 09h30 e 14h30.

Ainda no dia 12 de dezembro e no mesmo local, a partir das 18h00, realiza-se a “Festa da Família”, numa organização do Colégio Bernardette Romeira, dirigindo-se ao seu universo escolar e onde vai ser exibida a peça “Os Insetos do Jardim Florido”, interpretado pelas crianças e aplaudido seguramente pelos encarregados de educação.

A programação continua a 14 de dezembro, a partir das 16h00, dia do habitual espetáculo infantil, desta vez dedicado à quadra natalícia com “As Aventuras do Pai Natal”, um espetáculo para toda a família que promete agradar aos mais jovens e não só. 

O ano e o mês de dezembro fecham em grande com a apresentação do bailado “O Lago dos Cisnes”, às 21h30 de 16 de dezembro. É um clássico do ballet, mas com uma nova roupagem e uma interpretação a cargo do Russian Classical Ballet, um grupo que segue a melhor tradição da escola russa, mas que se impõe também pelo colorido dos cenários, pelas melodias e pela narrativa.