289 700 100
 
geral@cm-olhao.pt
 
93ba6c299f04f710c35672b0f157402a L-2Por motivos alheios ao Município de Olhão e à Fesnima, A Secreta Obscenidade de Cada Dia, peça de teatro que deveria subir ao palco do Auditório Municipal de Olhão no próximo dia 14 de novembro, sábado, às 21h30, foi cancelada.

Esta é uma comédia que conduz o público, do primeiro ao último momento, através da narrativa inteligente de Marco Antonio de La Parra.

Na peça tenta-se decifrar a vida e os segredos de dois homens, que, por acaso (ou não) se conhecem naquele dia, num banco de jardim, em frente a um conceituado colégio feminino. Gonçalo Diniz e João Ricardo dão corpo à encenação, onde qualquer utopia, qualquer ideal, pode nascer ou desaparecer num banco de jardim.

O espetáculo coloca frente a frente duas poderosas correntes do pensamento moderno: o marxismo e a psicanálise. Karl Marx e Sigmund Freud defrontam-se, digladiam-se, divertem-se, expondo medos e fantasias.

A Secreta Obscenidade de Cada Dia é um espetáculo dinâmico e leve, que obriga o espetador a perguntar-se constantemente qual será o rumo da história. O jogo cómico exibe lados aparentemente opostos da mesma realidade, empurrando-os para o espetador de uma forma vertiginosa. O raciocínio começa quando o público sai do teatro.