289 700 100
 
geral@cm-olhao.pt
 
2015-254-projeto-memorias-em-arquivoDecorreu no passado dia 27 de outubro a iniciativa Dia Aberto no Arquivo Municipal António Rosa Mendes, que teve como objetivo dar a conhecer ao público em geral o funcionamento daquele espaço, que agora funciona na Rua 18 de Junho, na cidade de Olhão. 

Os participantes neste Dia Aberto tiveram opotunidade de visitar os depósitos, o gabinete de digitalização, as salas de tratamento e expurgo, a sala de leitura e o gabinete de trabalho, tendo havido ainda a possibilidade de manusear alguns dos documentos.

Ainda integrado no Dia Aberto no Arquivo Municipal, e marcando o 131.º aniversário do nascimento de Francisco Fernandes Lopes, foi proferida uma comunicação, intitulada Francisco Fernandes Lopes: o Homem, o Olhanense, o Intelectual. Percurso Biográfico através dos Documentos do Arquivo Municipal de Olhão, por Andreia Fidalgo, licenciada em Património Cultural pela Faculdade de Ciências Humanas e Sociais da Universidade do Algarve e Mestre em História do Algarve pela mesma Universidade, sendo que a sua tese de mestrado versou sobre o médico olhanense.

A culminar este Dia Aberto no Arquivo Municipal de Olhão, foi dado a conhecer o novo projeto, intitulado Memórias em Arquivo, que visa sensibilizar os olhanenses para a salvaguarda do património, enquanto garante da constituição de uma memória histórica coletiva. Assim, os responsáveis do Arquivo apelam a quem tiver em casa, ou tenha conhecimento de quem tem, cartas antigas, imagens, cartazes, panfletos, mapas ou outros documentos importantes para a história do concelho, que se dirija ao Arquivo Municipal. O projeto não implica obrigatoriamente a doação dos originais, mas sim a disponibilização da sua informação, através de uma digitalização de qualidade.