289 700 100
 
geral@cm-olhao.pt
 
2015-282-ambiolhao-obrasA Ambiolhão – Empresa Municipal de Ambiente de Olhão, lançou dois concursos públicos para a realização de trabalhos fundamentais para o melhoramento e modernização das redes de abastecimento de água e saneamento do concelho. Trata-se das empreitadas de Remodelação da Rede de Abastecimento de Água do Bairro da Cavalinha e da elaboração do Cadastro das Infraestruturas de Saneamento e de Abastecimento de Água do concelho de Olhão, trabalhos há muito necessários e que agora se vão tornar realidade.

Como refere o presidente do Conselho de Administração da Ambiolhão, António Miguel Pina, “para 2016 definimos duas grandes prioridades para os sistemas de abastecimento de água e saneamento do concelho de Olhão: em primeiro lugar, remodelar as redes de abastecimento de água das zonas que atualmente são mais afetadas por interrupções do fornecimento de água originadas por ruturas (onde o Bairro da Cavalinha assume principal destaque); em segundo lugar, dotar a Ambiolhão de um cadastro de infraestruturas, até aqui praticamente inexistente, que promoverá certamente a melhoria da eficiência técnico-económica do sistema. Para comprovar o nosso compromisso com estes objetivos, foram já lançados os respetivos concursos públicos, de forma a que os trabalhos possam ser adjudicados logo no início de 2016”, explica o responsável.

O Bairro da Cavalinha possui uma rede de distribuição de água constituída maioritariamente por condutas envelhecidas, cujo período de vida útil foi ultrapassado, o que constitui atualmente um forte constrangimento ao abastecimento de água àquela zona da cidade, onde ocorrem ruturas frequentes, obrigando a interrupções do abastecimento de água. Para fazer face a esta situação, foram definidas as intervenções necessárias para a modernização e prolongamento da vida útil da rede de abastecimento, tendo em conta a própria constituição e desenvolvimento do bairro e os critérios de dimensionamento em vigor.

A empreitada a realizar consiste na substituição integral da rede de distribuição de água de todos os arruamentos do Bairro, por condutas novas, constituídas por materiais e dimensões adequadas. A nova rede de distribuição garantirá também o combate aos incêndios, mediante a instalação de marcos de incêndio. Serão também instaladas bocas de rega e lavagem, que permitirão assegurar a rega de zonas verdes e a lavagem de pavimentos.

Uma vez concluídos os trabalhos, que têm o preço base de 349 mil euros e um prazo de execução de 240 dias, este bairro a nordeste da zona antiga da cidade, limitado a norte pela EN 125 e a sul pela linha de caminho de ferro, ficará dotado de uma rede de abastecimento de água moderna, com condições para suprir as necessidades de uma população em crescimento. O serviço de abastecimento de água sofrerá uma melhoria significativa nesta zona da cidade, que era até aqui a zona mais fragilizada do sistema de abastecimento do concelho de Olhão.

Outra das intervenções que arrancará em breve será a da Elaboração do Cadastro das Infraestruturas de Saneamento e de Abastecimento de Água do concelho. Este trabalho reveste-se de extrema importância, uma vez que atualmente as informações cadastrais disponíveis sobre os sistemas de abastecimento de água e saneamento de águas residuais de Olhão são muito vagas, pouco rigorosas e dispersas. A existência de um cadastro de infraestruturas consolidado e com rigor técnico é a base de uma gestão mais eficiente dos sistemas, pelo que a Ambiolhão decidiu investir nesta vertente.

As informações atualmente englobadas em Sistema de Informação Geográfica (SIG) contêm várias lacunas: cadastro das redes sem rigor topográfico, com localização apenas aproximada; cadastro das redes sem verificação rigorosa de campo; dados alfanuméricos muito incompletos; inexistência de registos sobre o estado de conservação das infraestruturas e inexistência de dados geográficos e alfanuméricos relativamente aos órgãos constituintes das redes (caixas de visita, marcos e bocas de incêndio, válvulas, ventosas, descargas de fundo).