289 700 100
 
geral@cm-olhao.pt
 
Olhão acolheu no passado fim de semana uma ação de formação de primeiros socorros em animais. O concelho foi o primeiro do Algarve e o terceiro a nível nacional a receber a iniciativa, aqui promovida pela Associação de Defesa dos Animais e Plantas de Olhão (ADAPO) e que decorreu na Escola Dr. Alberto Iria, com o apoio da Câmara e dos Bombeiros Municipais de Olhão.

2016-045-primeiros-socorros-animais-01
Foram cerca de centena e meia os participantes nesta iniciativa, ligados a associações de proteção animal, canis municipais, bombeiros, equipas cinotécnicas, hotéis para animais, escolas de treino canino, cabeleireiros caninos, pet sitters, mas também donos de animais e público em geral interessados em adquirir conhecimentos nesta área.

Os participantes, oriundos não só do Algarve, mas também do Distrito de Beja, receberam formação em cuidados básicos com animais de estimação, emergências mais comuns, reanimação RCP, manobra de Heimlich e transporte e manuseamento de animais feridos.

Entre os formandos, destaque para os elementos dos Bombeiros Municipais de Olhão, que terminaram a formação “cheios de vontade de começarem novos projetos na área”, de acordo com Nádia Sousa, da ADAPO.

Segundo aquela responsável, “são cada vez mais os casos que chegam até nós de abandono de animais com requintes de malvadez, talvez por via de uma melhor divulgação através das redes sociais”. A responsável revela que, neste momento, só nas suas instalações, a ADAPO alberga cerca de 150 gatos e 40 cães, todos à espera de adoção.

As verbas arrecadadas com esta formação irão agora ser utilizadas na compra de equipamento de primeiros socorros em animais, que será entregue à ADAPO e aos Bombeiros Municipais de Olhão.

2016-045-primeiros-socorros-animais-02