289 700 100
 
geral@cm-olhao.pt
 
A Biblioteca Municipal José Mariano Gago acolhe na sexta feira, 20 de maio, pelas 18h00, a apresentação do mais recente livro do escritor olhanense Pedro Jubilot, Telegramas do Mediterrâneo.

2016-138-livro-pedro-jubilot

Natural de Olhão, Pedro Jubilot é professor, licenciado em Línguas e Literaturas Modernas, escreve por passatempo, mas é um amante de muitos tipos de arte. 

Nos anos 90, quando regressou ao Algarve, foi autor de programas de rádio, criou a Húbris – Agência Cultural em Olhão, em 1991, editou o fanzine Tão Longe, Tão Perto, escreveu letras para bandas de música pop e recebeu diversos prémios literários a nível local na modalidade de conto.

Em dezembro de 2001, o seu microconto A Visita foi escolhido pelo jornal Público para representar Portugal num concurso internacional, tendo sido publicado em simultâneo nos jornais El Pais e Corriere della Sera, entre outros, dos cinco países organizadores. 

Em 2013, editou o livro Postais da Costa Sul, que serviu de mote para criar a editora CanalSonora, uma pequena estrutura independente, sem fins lucrativos, que se centra na divulgação artística, essencialmente na escrita e na imagem.

Em Telegramas do Mediterrâneo, Pedro Jubilot leva-nos através de um périplo pelo Mediterrâneo no sentido anti-horário, mas que começa e termina no Algarve, que se diz ter erradamente ficado fora desse Mar, quando tem características semelhantes na sua gastronomia, arquitetura, atmosfera, ou pela paisagem, ambientes, cultura.