289 700 100
 
geral@cm-olhao.pt
 
A colaboração de longa data entre a ADAPO – Associação de Defesa dos Animais e Plantas de Olhão, os Bombeiros Municipais e a Autarquia acabou de se tornar ainda mais estreita, com a disponibilização, por parte da Associação, de uma viatura e de diverso material destinado à recolha e tratamento de animais ao corpo de bombeiros.

2016-168-bombeiros-adapo-01
A carrinha da ADAPO encontra-se equipada com tudo o que é necessário quando se trata de recolher da via pública cães ou gatos em situação de perigo, bem como prestar os primeiros cuidados até uma eventual chegada ao veterinário: jaulas, laço e material de primeiros socorros ficarão agora à disposição dos Bombeiros Municipais, sobretudo no período da noite e aos fins de semana.

2016-168-bombeiros-adapo-02
Célia Caravela, presidente da ADAPO, faz questão de sublinhar a boa relação institucional que existe, quer com os Bombeiros, quer com a Autarquia: “Os Bombeiros sempre colaboraram com a ADAPO. Em situações de maior dificuldade, como de noite ou em salvamentos mais complicados, os Bombeiros nunca se negam sempre que solicitamos a sua ajuda. Olhão é a cidade do Algarve em que esta preocupação com o bem-estar animal melhor funciona, até com a parceria com a Câmara ao nível das campanhas de esterilização. Olhão está de parabéns!”.

2016-168-bombeiros-adapo-03
Do lado dos Bombeiros Municipais, o comandante Luís Gomes sublinha a importância de ter à disposição dos seus homens e mulheres este equipamento, que vai conferir uma melhor qualidade ao serviço prestado e às condições em que a recolha dos animais é efetuada: “Com estes equipamentos, melhora significativamente o nosso trabalho. Humanizamos este tipo de serviço. Esperamos que desta forma possamos consolidar mais ainda todo o trabalho que já vínhamos fazendo em conjunto, relativamente a esta vertente dos animais”.

De recordar que alguns dos elementos dos Bombeiros Municipais de Olhão já haviam participado, em fevereiro, numa ação de formação de primeiros socorros em animais, promovida pela ADAPO, e cujas verbas angariadas permitiram que a associação de defesa animal doasse ao corpo de bombeiros um conjunto de máscaras de oxigénio.

2016-168-bombeiros-adapo-04