289 700 100
 
geral@cm-olhao.pt
 
A fotógrafa algarvia Conceição Agostinho traz a Olhão a mostra “Singularidades”. O espaço escolhido foi a Galeria da Biblioteca Municipal José Mariano Gago, e a inauguração está marcada para sábado, 10 de setembro, ficando patente até ao final do mês.

2016-217-expo-singularidades
Conceição Agostinho nasceu em Faro, em 1956. Desde muito jovem, teve o gosto pela fotografia. Durante mais de trinta anos, fotografou todos os eventos da família, acompanhando o crescimento dos vários sobrinhos.

Começou com uma Kodak das mais elementares na fotografia analógica a preto e branco, a que mais aprecia, mas com a evolução da fotografia passou para a digital.

Ao longo dos anos, apesar de ligada profissionalmente ao mundo da gestão, não deixou o seu gosto de lado. Foi numa conferência a que assistiu na Universidade do Algarve que teve conhecimento do curso de Artes Visuais, acabando por concluir a licenciatura há três anos.

Participou em várias exposições coletivas tanto em Portugal como fora do país e colaborou com alguns trabalhos para o maior álbum de fotografias, concorrente ao Guinness World Record.

As imagens que compõem a mostra “Singularidades” procuram, nas palavras da autora, aquilo que é único num dado momento ou personalidade: “Em cada disparo, procuro o específico, aquilo que é único, a Singularidade que existe em cada fotografia, a emoção. Em cada clique, tento eternizar aquele momento que nunca mais será o mesmo, e que será recordado para sempre como o vejo”.