289 700 100
 
geral@cm-olhao.pt
 
“Ambientes Colaborativos” é o tema da 8ª edição da Universidade de Verão promovida pela Associação InLoco e Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra, que este ano decorre nos próximos dias 19 e 20 de setembro na Biblioteca Municipal José Mariano Gago, em Olhão.

2016-222-universidade-de-verao

O evento, que conta com a parceria da Câmara Municipal de Olhão, terá dois períodos de trabalho em ambos os dias: das 09h30 às 13h00 e das 14h30 às 17h00. As inscrições são gratuitas mas obrigatórias e feitas exclusivamente online em www.in-loco.pt.

O primeiro dia desta Universidade de Verão, já na próxima segunda feira, dia 19, começa com a sessão de abertura que contará com as presenças do anfitrião António Miguel Pina, do presidente da direção da Associação In Loco Nelson Dias e do investigador do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra Giovanni Allegretti.

O primeiro painel será subordinado ao tema “Lançamento de Publicações sobre Metodologias de Participação Cidadã”, sendo intervenientes Maria João Freitas do LNEC, Domingos Rodrigues da Câmara Municipal do Funchal, Ricardo Caldeira da Câmara Municipal de Cascais e Nelson Dias da Associação In Loco. Na parte da tarde deste dia direcionado para a “Rede de Autarquias Participativas”, decorre a apresentação do Plano de Atividades da Rede de Autarquias Participativas e a oficina “Empaville”. Trata-se de um dispositivo eletrónico ainda em fase experimental para elaboração de um orçamento participativo.

No segundo dia da iniciativa, a organização preparou três mesas redondas com vários especialistas, movimentos cívicos, autarcas e deputados, tendo como pano de fundo o Decreto-Lei que regula o exercício de atividades de prospeção, pesquisa, desenvolvimento e produção de petróleo na plataforma continental.

Divididos por três painéis, os primeiros intervenientes serão os deputados António Eusébio do PS, Cristóvão Norte do PSD, João Vasconcelos do BE, Paulo Sá do PCP e Teresa Caeiro do CDS. Na segunda mesa redonda, às 11h15, será possível perceber o que pensam os autarcas Jorge Botelho, José Amarelinho, Rogério Bacalhau e Vítor Aleixo, presidentes dos municípios algarvios de Tavira, Aljezur, Faro e Loulé. A última mesa redonda fica reservada para a tarde e será composta pelos peritos e/ou movimentos sociais João Camargo (Climáximo), Júlia Seixas (Movimento Futuro Limpo) e Laurinda Seabra (Associação de Surf e Atividades Marítimas do Algarve).

Todas estas sensibilidades e correntes de opinião irão ser sintetizadas e discutidas na reta final do evento, que se prevê aconteça a partir das 16h00 do dia 20 de setembro.

Aceda à ficha de inscrição aqui.