289 700 100
 
geral@cm-olhao.pt
 
O Ministro do Planeamento e Infraestruturas esteve esta sexta feira, dia 20 de janeiro, em Olhão, para anunciar o Concurso de Estudo Prévio da Variante de Olhão. No Salão Nobre dos Paços do Concelho, Pedro Marques adiantou que esta obra tão ansiada pela população da região será uma realidade em 2019, e terá um custo de cerca de 5,6 milhões de euros. Uma vez concluída a Variante, o trânsito passará a efetuar-se por esta nova via, ficando a Avenida João VI, troço da Estrada Nacional 125 que atravessa Olhão, reservada a quem se desloque dentro do perímetro urbano.

2017-011-Conclusao Estudo Previo Variante Olhao-1
A vinda do governante a Olhão inseriu-se num périplo pelo Algarve, onde Pedro Marques anunciou obras estruturantes para a região, entre as quais a Variante de Olhão, mas também, e sobretudo no que diz respeito ao Sotavento, intervenções na Estrada Nacional 125 até Espanha. A agenda contemplou ainda uma visita ao Aeroporto de Faro, cujas obras ficarão terminadas em breve, e o anúncio da conclusão da eletrificação da linha ferroviária no Algarve.

Perante uma plateia que incluía toda a equipa do Ministro, responsáveis da Infraestruturas de Portugal, Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Algarve, Comunidade Intermunicipal do Algarve e autarcas da região, o Presidente da Câmara Municipal, António Miguel Pina, sublinhou a importância desta obra para o concelho, quer do ponto de vista da eliminação de constrangimentos ao tráfego que não se coadunam com o atravessamento de uma cidade, quer do ponto de vista do desenvolvimento e consolidação do tecido urbano da cidade. “Do ponto de vista dos olhanenses, o Senhor Ministro é hoje um Rei Mago, que veio trazer a Olhão uma boa-nova da maior valia para a nossa região, um anseio e uma necessidade antigos, que agora vê a luz do dia”, sublinhou o autarca.

2017-011-Conclusao Estudo Previo Variante Olhao-2
Uma ideia reiterada por Pedro Marques, para quem “esta é uma cerimónia de grande importância para a região e se insere no propósito de dar um sinal claro de que a mobilidade no Algarve é uma prioridade para este Governo”. O Ministro do Planeamento e Infraestruturas sublinhou ainda que “para este Executivo, não há algarvios de primeira e algarvios de segunda, pelo que este conjunto de intervenções no Sotavento é tão importante e prioritário como as intervenções que já vêm acontecendo na região do Barlavento”.

Pedro Marques destacou ainda o papel do Presidente da Câmara Municipal na delineação do que virá a ser esta Variante: “os olhanenses podem ter a certeza que o seu Presidente trabalhou pelos interesses da sua população”.

Para o presidente da Infraestruturas de Portugal (IP), António Laranjo, este conjunto de intervenções na E.N. 125 entre Olhão e Vila Real de Santo António “são fundamentais para garantir a segurança e a fluidez do tráfego, bem como a eliminação de pontos negros”, decorrentes da elevada velocidade de circulação dentro dos perímetros urbanos atravessados por esta via e da própria degradação do piso.

O responsável da IP adiantou que o Anúncio do Concurso de Estudo Prévio da Variante de Olhão foi publicado esta quinta feira no Portal do Governo, o primeiro passo de um processo que culminará em 2019.

2017-011-Conclusao Estudo Previo Variante Olhao-3
Na prática, este troço, que permitirá circundar todo o perímetro urbano de Olhão, terá uma extensão de 6 Km, 7 rotundas, 2 vias em cada sentido de trânsito e uma velocidade base de projeto de 80 Km/hora. O projeto contempla o “aproveitamento” e requalificação de alguns troços de vias municipais.

Uma vez concluída a fase do Anúncio do Concurso de Estudo Prévio, seguir-se-á o processo de Concurso, que demorará entre 3 a 4 meses. Após esta fase, haverá lugar aos Estudos de Impacto Ambiental e à elaboração do projeto de Execução, “uma fase que será efetuada pela IP internamente, para conferir maior celeridade ao processo”, adiantou António Laranjo.

2017-011-Conclusao Estudo Previo Variante Olhao-4
A previsão do Governo nesta altura é que o lançamento da empreitada aconteça no 4º trimestre de 2018, aguardando-se o início das obras no terreno já em 2019.

Associado a esta construção, haverá lugar à requalificação do troço da E.N. 125 entre Olhão e a ligação à A22, numa extensão de 1,5 Km. Serão feitas intervenções ao nível do piso, da sinalização, da drenagem e do próprio estacionamento. O objetivo é integrar este troço no centro urbano de Olhão. Esta obra ficará concluída já no início de 2018.

2017-011-Conclusao Estudo Previo Variante Olhao-5