289 700 100
 
geral@cm-olhao.pt
 

2012-078-antonio rosado 300A música clássica e, neste caso, o piano tocado por António Rosado, um dos grandes pianistas portugueses, é a proposta apresentada pelo Auditório Municipal de Olhão para a noite de 26 de maio. A partir das 21h30, o conhecido artista toca temas inesquecíveis de grandes compositores.

António Rosado tem uma carreira reconhecida nacional e internacionalmente, corolário do seu talento e do gosto pela diversidade, expressos num extenso e talentoso repertório, que integra interpretações ao piano de obras de compositores tão diferentes como Georges Gershwin, Aaron Copland, Albéniz ou Liszt.  

Atuou em palco, pela primeira vez, aos quatro anos. Os estudos musicais iniciados com o pai tiveram continuidade no Conservatório Nacional de Música de Lisboa, onde terminou o curso Superior de Piano, com 20 valores. Aos 16 anos parte para Paris, onde vem a ser discípulo de Aldo Ciccolini no Conservatório Superior de Música e nos cursos de aperfeiçoamento em Siena e Biella (Itália).

Laureado pela Academia Internacional Maurice Ravel e pela Academia Internacional Perosi, António Rosado foi distinguido pelo Concurso Internacional Vianna da Motta e pelo Concurso Internacional Alfredo Casella de Nápoles. Estes prémios constituem o reconhecimento internacional do seu virtuosismo e o impulso para uma brilhante carreira, com a realização de recitais e concertos por todo o Mundo. Em 2007 foi distinguido pelo Governo Francês com o grau de Chevalier des Arts et des Lettres.

Dele disse a revista francesa Diapason que é um "intérprete que domina o que faz. Tem tanto de emoção e de poesia, como de cor e de bom gosto."

A sua versatilidade permitiu-lhe apresentar, pela primeira vez em Portugal, destacadas obras como as Sonatas de Enescu ou paráfrases de Liszt, sendo o primeiro pianista português a realizar as integrais dos Prelúdios e também dos Estudos de Claude Debussy. No registo dos recitais pode incluir-se também a interpretação da integral das sonatas de Mozart.