289 700 100
 
geral@cm-olhao.pt
 

Site novo Dia do PescadorNo dia 31 de maio assinala-se o Dia do Pescador, celebração institucionalizada em 1998, que pretende sensibilizar para a importância da atividade piscatória. Olhão, terra de pesca por excelência, não podia faltar às comemorações, distinguindo pescadores e inaugurando uma exposição alusiva ao tema.

Um dos pontos altos da celebração do Dia do Pescador será a distinção, a partir das 17h00, no Salão Nobre dos Paços do Município, de vários olhanenses ligados ao setor da pesca. A cerimónia contará com a presença do secretário de Estado do Mar, Manuel Pinto de Abreu, para além do presidente da Câmara de Olhão, Francisco Leal, e restantes autarcas.
Haverá distinções do Município nas áreas de Arrasto, Cerco, Polivalente Local, Polivalente Costeira, Armação, Aquacultura (Moluscicultura) e Ganchorra de Mão.

Serão igualmente entregues peças de arte alusivas ao tema deste dia, para a Mulher na Pesca e na Aquacultura, para o Pescador Mais Novo, Maquinista Marítimo e Pescador em Progressão. Os prémios mais aguardados são os da Indústria Conserveira e de Mérito na Pesca. Os distinguidos só serão conhecidos neste dia de festa em Olhão.

“Orla Marítima em Olhão: entre o Passado e o Presente” é o tema da exposição que o Museu da Cidade de Olhão acolhe, a partir das 18h00 do mesmo dia.

Trata-se de uma exposição referente às alterações na orla marítima de Olhão, nomeadamente na configuração da Ria Formosa, desde o século XVIII até à atualidade. Recorrendo à cartografia histórica, fontes históricas e fotografias antigas, propõe-se um percurso de descoberta pela evolução deste património.

O Museu sai à rua e realiza esta exposição no Largo da Restauração, magnífico espaço exterior que se situa em frente ao Edifício do Compromisso Marítimo de Olhão. Nos dias seguintes, a exposição estará presente neste mesmo local, para que todos os que passam por esta zona histórica possam conhecer um pouco mais da Pesca em Olhão.

Ainda integrada nas comemorações do Dia do Pescador, realiza-se dia 29 de maio, às 17h00, a iniciativa Conversas em Rede, no Edifício do Compromisso Marítimo (Museu da Cidade) de Olhão. “A Valorização do Pescado em Portugal e a Fuga à Lota” é o tema central desta tertúlia, organizada pela Docapesca com a estreita colaboração do Grupo de Ação Costeira do Sotavento, com sede em Olhão, e da Escola de Hotelaria e Turismo do Algarve.