289 700 100
 
geral@cm-olhao.pt
 
cerimoniaOficial055No discurso da Cerimonia Oficial, Francisco Leal, Presidente da autarquia, homenageou funcionários, associações e individualidades olhanenses. Apontou também o dedo ao poder central pela falta de uma politica económica em prol das populações e insuficiência no apoio ao poder local, imprescindivel nestes tempo de dificuldades.



No dia em que se comemorou o 204ª aniversário sob a grito de revolta contra as invasões francesas, 16 de junho de 1808, o Presidente da Autarquia, homenageou dez funcionários que comemoraram este ano 25 anos de serviço com a atribuição da medalha de Bons Serviços Grau Ouro, uma associação cultural pela passagem dos 150 anos – Banda Filarmónica de Moncarapacho –, Medalha de Mérito Grau Ouro, e os três melhores alunos do 10º, 11º e 12º ano do concelho, permiados com um cheque de 250€. Com a medalha Mérito Grau Ouro, foi também condecorado o dirigente desportivo António Maria Herculano pelos mais de 30 anos dedicados à causa pública e ao movimento associativo à frente do Ginásio Clube Olhanense: “Deu muito ao desporto e à cultura, deu muito à nossa cidade” reforçou Francisco Leal.
Antes de iniciar o discurso político e social, o presidente da Câmara Municipal agradeceu a todos os funcionários da autarquia que participaram na construção do novo website totalmente a custo zero: “Havia necessidade de mudar, de inovar, de crescer nesta nova era da informática e da informação. Como é do conhecimento de todos, verbas para estes projetos estão congeladas… temos outras priooridades para gastar o pouco dinheiro que a autarquia dispõe. Mas graças ao esforço de muitos dos funcionários, com realce para a divisão de informática e o gabinete de relações publicas, foi possível chegarmos mais perto de todos os munícipes, residentes ou não no concelho, chegar mais perto de quem nos visita, chegar mais perto de potenciais investidores. Olhão cresce com este site autárquico”.
Na estratégia social e politica, Francisco Leal referiu que a autarquia tem tentado manter os principais apoios, principalmente os sociais, tendo consciência das graves dificuldades que atravessam as famílias mais carenciadas e todas aquelas que, fruto da nova situação de desemprego, não conseguem cumprir com as suas obrigações económicas e, muitas vezes as mais básicas, como pagar a água, a luz ou adquirir alimentos para os seus.


“Mesmo com quebras terríveis no orçamento – 340ME retirados pelo poder central nos subsídios diretos, redução no IMT em cerca de 40%, menos 5% no IMI – e as receitas todas a decrescer, estamos atentos e a fazer todos os esforços para continuar a manter os apoios sociais, nomeadamente com os 700 cabazes que mensalmente disponibilizamos às famílias carenciadas, a manutenção dos 700 fogos com rendas sociais, bem como continuar a manter o subsidio de apoio à renda” referiu o Presidente da Câmara.
 “É muito complicada a nossa atuação! Queremos manter e até aumentar o apoio a todos os que necessitam, queremos continuar a crescer e a fazer a manutenção do parque escolar, das estradas do concelho à nossa responsabilidade, dar o apoio às escolas (apostar na educação para os homens de amanhã), ir ao encontro dos munícipes, mas confesso que, com esta politica seguida por este governo, de cortes e mais cortes, torna o nosso trabalho difícil e muitas vezes ingrato.”
Para terminar pediu a todos que estejam confiantes no futuro, que se dediquem e esforcem mais; vivemos tempos difíceis mas é na adversidade que os homens e mulheres de Olhão mostram a sua força… e foi assim há 204 anos”, concluiu o autarca.


Distinções:

Medalha de Bons Serviços e Dedicação – Grau Ouro
Funcionários com 25 anos de serviço
- Carlos Alberto Santos Lopes
- Célia Conceição Batista Neves
- Ditza Maria Dias Reis
- Fernando Armando Santos Pinto
- Fernando Augusto Gouveia Silva
- João Vítor Jesus Martins
- José Avelino
- Luciano Américo Batista Sales
- Maria da Conceição Graça Eusébio Feliciano
- Maria da Graça Raposo Santos Pedada

Medalha de Mérito – Grau Ouro
 - António Maria Herculano (30 anos como dirigente desportivo)
 - Banda Filarmónica Moncarapachense

    
Melhores Alunos:
10º Ano – Ana José Rodrigues Amaro
11º Ano – Diogo Reis Gomes
12º Ano – André Parra