289 700 100
 
geral@cm-olhao.pt
 
2012-071-Tango MilongueroFechar os olhos, abrir o coração e partilhar a paixão pela dança e, neste caso, pelo tango. É o que poderemos fazer no próximo dia 15 de setembro, a partir das 21h30, quando o espétaculo de Tango Milonguero, pelo Fabian Carbone Trio, encher o palco do Auditório Municipal de Olhão!

“Milonguero” é uma forma de ser, de sentir e dizer o tango da maneira mais genuína; é uma forma sentida de tocar tango e de dançá-lo, com origens em Buenos Aires, Argentina.
Neste espetáculo em Olhão transmite-se esse conceito através de um definido estilo musical, que impregna postura em cena de “Milonguero” através da interpretação, da coreografia e do vestuário. A cantora Patrícia Nora é acompanhada por Fabian Carbone no bandoneón (uma espécie de concertina), Rocio Terán ao piano e Virgínia Gonzalez ao violino, enquanto que a dança está a cargo dos bailarinos Mariano e Alejandra e Gonzalo e Carolina.

O grupo conta-nos a história deste género musical, hoje património da humanidade, recriando o seu espírito desde a Guardia Vieja até à década de Oro, passando por muitos dos seus grandes maestros, com seus especiais tributos a Carlos Gardel y Astor Piazzolla.

O tango consiste numa variedade de estilos como o Tango Canyengue e Tango Orillero. No entanto, a maioria destes estilos já não se dançam. Fazem simplemente parte da evolução do Tango Argentino. Atualmente, o Tango Argentino consiste em: Tango de Salão, Tango Milonguero, Nuevo Tango, Show Tango ou Tango Fantasía.

Os dançarinos de tango argentino também praticam duas outras danças relacionadas: Vals (waltz) e a Milonga (dançado nas milongas de Buenos Aires). As festas de tango são também chamadas de Milonga. Daqui surge a tradição do tango milonguero que na noite de 15 de setembro poderemos assistir em Olhão, num espetáculo a não perder!