289 700 100
 
geral@cm-olhao.pt
 
2012-091-Mercados MIP
Foi ontem publicado em Diário da República o anúncio para a classificação como Monumento de Interesse Público (MIP) dos Mercados de Olhão e a fixação da respetiva zona especial de proteção. Esta distinção, que depois de 30 dias em consulta pública sem quaisquer observações passará a ser efetiva, é um orgulho para os olhanenses.

Para o Município, esta proposta de classificação como MIP é “um prémio para a cidade olhanense, depois das grandes obras de recuperação levadas a efeito pela autarquia em 1998, no valor de 2,5 milhões de euros”, refere o vice-presidente da Câmara de Olhão e vereador da Cultura, António Pina. Para o autarca, este anúncio é também o reconhecimento da “importância arquitetónica e histórica do imóvel”.

“Esta proposta mostra a importância de um dos ícones da cidade que são os Mercados Municipais. Em bom tempo, a autarquia resolveu transformar e melhorar os mercados, tendo sido um dos primeiros grandes investimentos feitos na cidade, e esta é a valorização dessa nossa estratégia e objetivo”, afirmou ontem o vice-presidente da Câmara de Olhão, António Pina, ao ter conhecimento deste anúncio na publicação oficial do Estado.

Segundo o autarca, esta classificação poderá “trazer uma maior atenção das pessoas que se interessam pela arquitetura e pelos monumentos, colocar Olhão nessa lista de MIP e trazer mais gente para visitar a cidade, conhecer os mercados e depois encantar-se com a Ria Formosa”, um dos principais pontos de atração turística do município.

Para mais informações clique aqui.