289 700 100
 
geral@cm-olhao.pt
 
2012-122-Escultura Pedro Figueiredo
Está patente até 28 de dezembro, no foyer do Auditório Municipal de Olhão, uma exposição de escultura de Pedro Figueiredo. Nas peças apresentadas, o artista remete-nos para um universo imaginário e para a depuração da figura. Vale a pena ver!

Na escultura de Pedro Figueiredo encontramos uma tendência para a fantasia, para o universo imaginário e para a depuração da figura em que a reprodução do real não é a direção plástica da sua obra.

O rigor anatómico cede lugar à desproporção justa e ao reequilíbrio de formas desproporcionadas, fazendo inevitavelmente lembrar a desmaterialização de Giacometti.

Pedro Figueiredo nasceu na Guarda, em 1974, licenciou-se em escultura pela escola Universitária de Coimbra, tem uma Pós-Graduação em Comunicação Estética e um Mestrado em Artes Plásticas. Expõe individualmente e participa em Simpósios desde 2001. Em 2003 ganhou o Prémio Revelação da XII Bienal de Vila Nova de Cerveira e em 2011 foi artista convidado. Já realizou e colaborou na realização de cenários e adereços para peças de teatro e telenovelas, entre muitas outras atividades.