289 700 100
 
geral@cm-olhao.pt
 
2013-064 Protocolo AndebolOs presidentes do Município de Olhão, Francisco Leal, da Federação de Andebol de Portugal, Ulisses Pereira, e o presidente da Associação de Andebol do Algarve, João Estrela, assinaram ontem um protocolo de colaboração para o desenvolvimento do andebol no concelho.
 
Com este protocolo, as três entidades comprometem-se a cooperar para a realização de um conjunto de ações que possibilitem a promoção e prática do andebol à população jovem do concelho de Olhão.
 
De acordo com Francisco Leal, o Município tem o objetivo de “ter cada vez mais praticantes no andebol e nas outras modalidades”, pelo que a assinatura deste protocolo só poderá ajudar nesta intenção. “Temos a maior disponibilidade para esta modalidade, basta dizer que temos 10 pavilhões cobertos no concelho, ou seja, temos apostado e condições para a sua prática”, referiu o autarca, salientando que a prática do andebol, neste momento, está a ser feita através das AEC (Atividades Extra Curriculares).
 
O presidente da Federação Portuguesa de Andebol, Ulisses Pereira, falou das boas condições do Algarve para a prática da modalidade, nomeadamente Olhão, onde há décadas é feita a aposta na sua execução, nomeadamente através do clube Os Olhanenses. “A modalidade já é muito praticada nalguns locais, mas também temos de ir a outros concelhos menos sensibilizados para esta questão”, referiu aquele responsável associativo. “Assinámos este protocolo porque sentimos que em Olhão a tradição da modalidade está enraizada, mas queremos mais praticantes, e julgo que será possível consegui-lo desta forma”, acrescentou Ulisses Pereira.
 
O presidente da Associação de Andebol do Algarve, João Estrela, referiu o que, ainda antes da assinatura do protocolo, já foi feito em Olhão, como por exemplo “uma ação de formação para professores de Olhão e Faro, já começaram os treinos no pavilhão de Moncarapacho e a Divisão de Desporto da Câmara de Olhão está a programar um encontro com as crianças praticantes no clube Os Olhanenses. O responsável deste clube, Carlos do Rosário, também presente na assinatura do protocolo, destacou a importância do documento, dizendo esperar que “traga bons resultados para a prática da modalidade em Olhão, nomeadamente através da captação de novos atletas para o clube”.
 
“Espero que o protocolo seja frutuoso. O desporto é fundamental para ocupar os nossos jovens e nós, enquanto Município, vamos fazendo os possíveis para que assim continue, apesar das limitações que temos”, constatou ainda o autarca de Olhão.

2013-064 Protocolo Andebol pan