289 700 100
 
geral@cm-olhao.pt
 
2013-030-DECO CMOA Câmara Municipal de Olhão viu finalmente visado o empréstimo solicitado ao Estado referente ao Programa de Apoio à Economia Local (PAEL), no valor de cerca de 4 milhões de euros, para pagamento de dívidas até 2011. A Autarquia espera agora que a transferência de verbas seja célere.

Apesar de o Secretário de Estado do Poder Local, António Leitão Amaro, ter referido recentemente que as câmaras que ainda não começaram a receber as verbas solicitadas foi “por falta de entrega dos documentos exigidos”, tal não se aplica ao Município de Olhão que sempre respondeu, a tempo e horas, a todas as exigências de entrega de documentos quer ao Ministério das Finanças quer ao Tribunal de Contas. “Foi um processo muito longo e que, em nosso entender, não se justifica porque todas as solicitações foram respondidas pelos serviços de imediato”, referiu hoje o autarca de Olhão, Francisco Leal.

“Quem ficou prejudicado foram os nossos credores, que continuam à espera de pagamento há bastante tempo e, sem saber quando o valor solicitado será entregue. Esperamos que, a partir de agora, o Ministério das Finanças seja célere na transferência das verbas necessárias”, diz ainda o presidente Francisco Leal.

A transferência destes valores com a maior brevidade possível será de extrema importância para a economia local, já que servirá para pagar dívidas a fornecedores.