289 700 100
 
geral@cm-olhao.pt
 
2013-094-Dia do Pescador 2013O Dia do Pescador, que se celebrou a 31 de maio, foi evocado pela Câmara Municipal de Olhão com várias iniciativas. Uma das mais relevantes foi a cerimónia de distinção aos pescadores locais que se destacaram na atividade em 2012. Foi igualmente inaugurada a exposição “Os Pescadores”, no Museu da Cidade, que tem como base o texto com o mesmo nome, de Raúl Brandão.

No dia dedicado aos homens do mar, o presidente da Câmara Municipal de Olhão, Francisco Leal, louvou o trabalho dos pescadores olhanenses que todos os anos, desde 1998, são distinguidos pelo Município. “O dia 31 de maio, Dia do Pescador, é uma das datas mais importantes do nosso concelho, já que esta é uma terra vocacionada para o mar”, salientou o autarca, que também referiu os vários apoios que os pescadores olhanenses têm recebido do Município ao longo dos anos, através do Gabinete de Apoio às Pescas e mais recentemente do Grupo de Ação Costeira (GAC) do Sotavento, sedeado neste concelho. “Este é o GAC com mais projetos a nível nacional, o que demonstra bem a sua dinâmica”, salientou Francisco Leal.

O autarca, no seu último discurso no Dia do Pescador como presidente da Câmara de Olhão – o que lhe valeu a ‘surpresa’ de receber do presidente da OlhãoPesca, António da Branca, uma medalha – referiu-se igualmente ao facto de Olhão ter atualmente algumas das mais modernas unidades conserveiras do País. Francisco Leal deixou um incentivo a todos os olhanenses ligados ao mar, para que “continuem a acreditar que esta é uma atividade próspera”.

Na cerimónia de distinção dos pescadores olhanenses, marcaram igualmente presença a subdiretora-geral das Pescas, Ana Rita Berenguer, o diretor regional de Agricultura e Pescas, Fernando Severino, a pró-reitora da Universidade do Algarve, Teresa Borges, o deputado Miguel Freitas ou o comandante do porto de Olhão, entre outros responsáveis políticos, civis e militares.

2013-094-Dia do Pescador 2013 22013-094-Dia do Pescador 2013 3
















Para Ana Rita Berenguer, o Município de Olhão tem sido “uma autarquia com a qual o setor das pescas tem podido contar, tem tido um papel dinamizador”, salientou aquela responsável. “Olhão representa muito na área das pescas e do mar, é uma satisfação vermos investimentos que foram apoiadas, geram riqueza e são importantes a nível regional e nacional”, referiu ainda Ana Rita Berenguer, que destacou a importância de homenagear quem vive da pesca, setor que enfrenta desafios. “Acredito no trabalho que temos desenvolvido com o setor. A Administração sozinha vale pouco. Só fazemos muito e bem em colaboração com quem sabe deste setor”, destacou a subdiretora geral das Pescas.

Fernando Severino, diretor regional de Agricultura e Pescas, salientou a importância da região algarvia como aquela que tem mais população envolvida na pesca, aquacultura e atividades relacionadas. Referiu que só em 2012 foram atribuídas 3205 licenças às diferentes artes de pesca. Também Olhão tem um porto de pesca que se destaca na quantidade de descargas de pescado, muitas vezes com valores acima da média regional e nacional. Ao mesmo tempo, o concelho tem também grande importância na área da aquacultura, referiu o diretor regional, destacando ainda as armações de atum ao largo de Olhão, produto que depois é exportado para o outro lado do Mundo, casos dos EUA, Japão e Coreia do Sul.

“O mar é um desígnio nacional. Estima-se que a chamada ‘Economia Azul’ valha cerca de 8 mil milhões de euros, metade dos quais nas pescas e os outros 4 mil milhões em atividades relacionadas com o que o mar nos pode dar”, revelou Fernando Severino, ao mesmo tempo que destacou a importância de Olhão nesta ‘Economia Azul’.

2013-094-Dia do Pescador 2013 4

Em dia de festa, o Salão Nobre do Município de Olhão acolheu os pescadores olhanenses e suas famílias. Os momentos mais emotivos viveram-se no final da cerimónia, com a entrega das distinções aos homenageados deste ano (ver lista abaixo), sobretudo na entrega à esposa de Gaspar Luís, a título póstumo, do prémio Mérito na Pesca.

Hoje, 4 de junho, ainda no âmbito das comemorações do Dia do Pescador, realiza-se no auditório da Biblioteca Municipal de Olhão, às 16h00, a palestra – debate “Problemáticas do Setor das Pescas e Aquacultura”, com as presenças dos presidente e vice-presidente do Município de Olhão, Francisco Leal e António Pina, respetivamente, Domitília Matias (IPMA), Cristina Borges (DGRM), Miguel Gaspar (IPMA) e João Ferreira (Comissão Europeia).

Os distinguidos:
Arrasto: “Mestre António Lobo” – António Sebastião Madeira – Herdeiros, Lda. e “Rio Nabão” – António Sebastião Madeira – Herdeiros, Lda.; Cerco: “Samuelito” – João Augusto Perruca e “Flor da Beira” – António Viegas Guerreiro, Lda.; Poliv. Local: “Vip” – Dário Pedro Buchinho José e “AquaSousa” – José Evangelista Ramos de Sousa; Poliv. Costeira: “Santa Maria dos Anjos” – Luís Manuel do Carmo José e “Anadia” – Francisco José Lopes Gil; Aquacultura – Moluscicultura: José Manuel Matias; Ganchorra de Mão: Paulo do Carmo Parra; Mulher na Pesca e Aquacultura: Maria Tomás Saúde António Correia; Pescador Mais Novo: Bruno Filipe Gomes Luís; Maquinista Marítimo: Rogério Armando Alonso da Silva; Pescador em Progressão: Sílvia Marisa Conceição Moraes Manjua; Prémio Indústria Conserveira: Daniela Sofia da Graça Pôtra; Prémio Sindicato: Miguel Ângelo Galiza Martins; Prémio Mérito na Pesca: Homenagem Póstuma a Gaspar Santana Luís.

2013-094-Dia do Pescador 2013 52013-094-Dia do Pescador 2013 6 2013-094-Dia do Pescador 2013 7