289 700 100
 
geral@cm-olhao.pt
 
2015-005-biblioteca-arte-mental-01Apresentação do Livro “Arte Mental”
09 de Maio de 2015
17:00
Espaço Polivalente
Público-alvo: público em geral

Autor: Danilson Pires


Danilson de Jesus Martins Pires nasceu a 6 de Fevereiro de 1990 em Matinho. Viveu com a sua mãe Ilídia Barreto Martins e os avós em Santa Cruz, ilha de Santiago, Cabo Verde.
Teve uma infância feliz, alegre, cresceu no meio de uma família humilde cheia de valores e princípios o que o tornou num bom aluno e também onde ganhou o gosto pela arte e música.
A vontade de escrever surgiu pela primeira vez aos 14 anos, quando frequentava o oitavo ano de escolaridade, porém interrompeu, retornando mais tarde a convite de um colega da escola, Gilson Cardoso que lhe propusera escrever em Crioulo, artigos filosóficos, poemas tradicionais e histórias.
Aos 17 anos, surge a oportunidade de prosseguir os estudos em Portugal. Durante 5 anos rabiscava mas não lhe dava muita importância, até que surgiu a ideia de dar a conhecer as pessoas esse amor pela literatura.
Começou por partilhar os poemas que escrevia nas redes sociais e sentiu o feedback das pessoas, mas o mais importante de tudo é que vê os benefícios dos seus poemas pois é o fã número um. É a força, a inspiração, a alegria, a coragem e uma mistela de aprendizados que ajudam na génese do carácter de qualquer ser humano.
No final de 2013, surge então a ideia de juntar essas ferramentas todas e realizar o projeto Vadaescrevi, onde o primeiro de muitos livros intitula-se como Arte Mental e acredita que seja um meio que venha a acrescentar algo na vida de qualquer ser humano.

Vadaescrevi nasceu a 23 de Dezembro de 2013, durante um telefonema:
“- Tu nunca pensaste em publicar os teus poemas? Dar a conhecer às outras pessoas?
- Já! Já tinha pensado nisso.     
 - É que tu tens jeito! Devias mesmo escrever um livro.”
Todo o ser humano tem um talento, sem excepção mas nem todos saem à caça do seu.
Este projeto surgiu de uma ideia, de um talento e de uma vontade de passar ao próximo a virtude e o privilégio do que recebemos de graça, através da literatura.
Quando temos algo em mãos temos que ter a capacidade de dar vazão e acreditar de que somos capazes de o realizar.  
Usufrua, dê cor, forma e expressão à sua mente!

2015-005-biblioteca-arte-mental-02