289 700 100
 
geral@cm-olhao.pt
 
Espaos verdes

Ao longo dos tempos, os espaços verdes têm vindo a adquirir uma elevada importância nas cidades, não só devido à sua ação purificadora do ar, mas também pelo conforto que estes proporcionam aos seus habitantes, melhorando a sua qualidade de vida. Como tal, o Município tem vindo a fazer esforços para melhorar estes locais.
Os espaços verdes existentes têm ajudado a dinamizar o concelho de Olhão, melhorando o bem-estar dos seus habitantes, pois apresentam funções lúdicas, recreativas e ecológicas.
Existem diferentes espaços verdes por todo o concelho, desde os jardins municipais que disponibilizam aos cidadãos e aos visitantes áreas de lazer, proporcionando uma diversidade de espécies vegetais, ornamentais e autóctones, assim como as áreas verdes que surgiram da cedência de loteamentos, encontrando-se estas no enquadramento de diferentes urbanizações.

 

 

Jardins

Jardim João Lúcio

joaolucio1
joaolucio2
joaolucio3
joaolucio4



O Jardim João Lúcio é um pequeno jardim localizado na Avenida da República junto à Igreja Matriz de Olhão e foi inaugurado em 1925, em memória de um grande poeta nascido nesta cidade: João Lúcio. O jardim, onde se destaca a estátua em homenagem ao poeta, é composto por vários canteiros com plantas vivazes e pequenos arbustos.

Área: 830,00 m2

Árvores: Araucária (Araucaria heterophilla), Jacarandá (Jacaranda mimosifolia)
Arbustos: Lantana (Lantana camara), Hibisco (Hibiscus sp.),
Herbáceas: Agapanto (Agapanthus sp.)

Jardim João Serra

Imagem_170
Imagem_172
Imagem_174
Imagem_176
Imagem_178


O Jardim João Serra situa-se na Avenida da República, junto à estação ferroviária e foi inaugurado em 1903. Em 1942 foi construído um coreto, ladeado por espelhos de água, que seria um complemento paisagístico indispensável num local onde frequentemente se realizavam espetáculos musicais. Mais tarde, em 1963, o jardim foi destruído parcialmente aquando da construção do atual Edifício do Palácio da Justiça.

Atualmente, existe no Jardim João Serra um monumento que representa uma "ninfa a sair das ondas", monumento inaugurado a 16 de junho de 1990, data que assinala a elevação da Vila de Olhão da Restauração a Cidade (erguida à categoria de cidade em 8 de junho de 1985). Este jardim apresenta vários canteiros relvados com diversas árvores e arbustos.

Área: 3.100,00 m2

Árvores: Araucária (Araucaria heterophilla), Jacarandá (Jacaranda mimosifolia), Palmeira das Canárias (Phoenix canariensis), Árvore da borracha (Ficus elastica)
Arbustos: Hibisco (Hibiscus sp.), Loendro (Nerium oleander)



Jardim Pescador Olhanense

pescadorolhanense1
pescadorolhanense2
pescadorolhanense3
pescadorolhanense4
pescadorolhanense5


O Jardim Pescador Olhanense situa-se na Av. 5 de Outubro, junto à Ria Formosa e a poente dos Mercados Municipais. Este jardim foi inaugurado em 1984 e é neste lugar que se realizam diversos eventos de grande dimensão, como o Festival do Marisco, a Semana da Criança e do Ambiente, Animação de Verão ou a Expomar, entre outras atividades, pois apresenta um amplo espaço e é provido de diversa vegetação arbórea. O jardim apresenta um coreto que por vezes se transforma em palco de pequenos concertos. Existem, também, bancos caraterísticos revestidos por azulejos alusivos à doca, à ria e aos barcos de pesca. O jardim é também provido de um parque infantil.

Área: 11.100,00m2

Árvores: Araucária (Araucaria heterophilla), Palmeira das Canárias (Phoenix canariensis), Árvore da borracha (Ficus elastica), Mélia (Melia azedarach), Choupo (Populus nigra), Casuarina (Casuarina equisetifolia)
Arbustos: Hibisco (Hibiscus sp.), Loendro (Nerium oleander)

Jardim Patrão Joaquim Lopes


patro1
patro10
patro2
patro3
patro4
patro5
patro6
patro7
patro8
patro9


O Jardim Patrão Joaquim Lopes é um espaço verde de recreio e lazer situado na Avenida 5 de Outubro, junto à Ria Formosa e a nascente dos Mercados Municipais de Olhão. Este espaço lúdico inaugurado em 1957 apresenta o monumento ao Patrão Joaquim Lopes, olhanense que se distinguiu pela sua valentia, tendo efetuado inúmeros salvamentos de náufragos. O monumento foi inaugurado no ano de 1976. O jardim tem um parque infantil, um lago e apresenta uma grande diversidade em termos florísticos.

Ao longo de todo o espaço pode-se contemplar a Ria Formosa a partir de um dos bancos de jardim com inúmeras sombras proporcionadas pelos elementos arbóreos existentes. O aroma das diversas plantas invade todo o jardim, principalmente junto de duas pérgulas onde se encontram as trepadeiras madressilvas.

Área: 9.100,00 m2

Árvores: Plátano (Platanus occidentalis), Araucária (Araucaria heterophilla), Sófora (Sophora japonica), Eucalipto (Eucalyptus globulus), Jacarandá (Jacaranda mimosifolia), Palmeira das Canárias (Phoenix canariensis), Árvore da borracha (Ficus elastica), Tipuana (Tipuana tipo), Freixo (Fraxinus angustifolia)
Arbustos: Hibisco (Hibiscus sp.), Loendro (Nerium oleander)
Trepadeiras: Madressilva (Lonicera japonica)

Jardim Municipal de Olhão

DSC08000 panoramica
DSC08014 panoramica
DSC08027 panoramica
DSC08039 panoramica
DSC08050 panoramica
DSC08055 panoramica


O Jardim Municipal de Olhão localiza-se entre a Avenida da República e a Avenida Dr. Bernardino da Silva, junto da Biblioteca Municipal de Olhão, tendo sido inaugurado a 16 de junho de 2010. Este espaço, antes uma zona vedada ao público por muros elevados, transformou-se num jardim aberto, amplo e com várias zonas de estadia. O Jardim Municipal de Olhão veio adicionar à cidade um novo espaço de recreio, lazer e contemplação, provido de vegetação arbórea existente antes da obra de requalificação, que foi mantida. As vegetações arbustiva e herbácea, ornamental e autóctone foram adicionadas na construção deste jardim com o intuito de proporcionar diversos aromas e cores, complementando as espécies já existentes de grande porte e de grande valor paisagístico. No jardim podemos desfrutar de uma zona de merendas junto de um espelho de água, de um parque geriátrico e de uma zona de relvado para recreio informal.

Área: 3.450,00 m2

Árvores: Plátano (Platanus occidentalis), Araucária (Araucaria heterophilla), Sófora (Sophora japonica), Eucalipto (Eucalyptus globulus), Jacarandá (Jacaranda mimosifolia), Palmeira das Canárias (Phoenix canariensis), Oliveira (Olea europaea), Cipreste (Cupressus sempervirens)
Arbustos: Hibisco (Hibiscus syriacus), Lantana (Lantana montevidensis), Cica (Cyca revoluta), Budleia (Buddleja davidii), Berbéris (Berberis thunbergii), Cotoneaster (Cotoneaster horizontalis), Massaroco (Echium candicans), Verónica (Hebe speciosa), Alfazema (Lavandula angustifolia), Alfazema (Lavandula dentata), Lantana (Lantana montevidensis), Murta (Myrtus communis), Fotínea (Photinia frasieri), Alecrim (Rosmarinus officinalis), Alecrim prostrato (Rosmarinus officinalis "prostratus"), Santolina (Santolina chamaecyparissus), Salva (Salvia grahamii)
Herbáceas: Agapanto (Agapanthus umbellatus), Crisântemo (Chrisanthemum sp.), Festuca (Festuca glauca), Gaura (Gaura lindheimeri), Gazânia (Gazania ibridi), Hemerocális (Hemerocallis fulva)


Praça de Agadir

agadir1
agadir2
agadir3
agadir4
agadir5


A Praça de Agadir encontra-se no coração da cidade, entre a Avenida da República e a Avenida Dr. Bernardino da Silva. É uma zona verde bastante agradável, provida de uma fonte com jogos de água envolvida por diversos bancos corridos. A vegetação arbórea predominante são os jacarandás.

Área: 2.740,00 m2

Árvores: Jacarandá (Jacaranda mimosifolia), Palmeira de Leque (Washingtonia filifera)
Arbustos: Hibisco (Hibiscus syriacus), Loendro (Nerium oleander)



Jardim da Fuseta


Imagem_257
Imagem_259
Imagem_261
Imagem_263
Imagem_265
Imagem_267
Imagem_286
Imagem_289
Imagem_291
Imagem_294
Imagem_296


O Jardim da Fuseta localiza-se na Avenida 25 de Abril, junto à Ria Formosa. Trata-se de uma zona verde com diversos locais de estadia, onde se pode desfrutar de uma paisagem inesquecível sobre a Ria Formosa. O jardim inclui um polidesportivo, um parque infantil, uma pequena zona de anfiteatro e uma vasta área relvada com vegetação arbórea.

Área: 11.650,00 m2

Árvores: Palmeira das Canárias (Phoenix canariensis), Oliveira (Olea europaea), Mélia (Melia azedarach), Choupo-negro (Populus nigra), Choupo-branco (Populus alba), Amoreira branca (Morus alba), Tipuana (Tipuana tipo), Salgueiro-chorão (Salix babylonica)


Parques


Parque Recreativo de Marim 

DSC08487 panoramica
DSC08499 panoramica
DSC08509 panoramica
DSC08518 panoramica
DSC08534 panoramica


O Parque de Marim é constituído por um extenso pinhal que proporciona amplas áreas de sombra, de modo a garantir um maior conforto na visita ao local. Disponibiliza a todos os seus utentes condições para a prática desportiva.
Para além dessa vertente, o Parque de Marim, um vasto pulmão verde deste concelho, oferece ainda um panorama ambiental e ecológico, através da flora autóctone existente, proporcionando um leque variado de cores, texturas e fragrâncias.

 

Parque de Merendas de Moncarapacho

Site_novo_Parque_Merendas_Moncarapacho
Site_novo_Parque_Merendas_Moncarapacho2
Site_novo_Parque_Merendas_Moncarapacho3
Site_novo_Parque_Merendas_Moncarapacho4


O Parque de Merendas do Ribeiro do Tronco, em Moncarapacho, foi requalificado em 2009, uma vez que já estava em avançado estado de degradação. A obra finalizada permitiu aos seus utilizadores, de diversas faixas etárias, fruir de forma mais agradável do contacto com a natureza envolvente.

Os moncarapachenses ganharam um espaço mais digno, tal como os turistas e viajantes que procuram aquele espaço, onde não faltam muitas árvores e arbustos.


Parque de Merendas - Ecovia

parque_merendas_ecovia_1
Parque_Merendas_Ecovia_2
Parque_Merendas_Ecovia_3
Parque_Merendas_Ecovia_4
Parque_Merendas_Ecovia_5


A Ecovia do Litoral percorre todo o litoral do Algarve, numa extensão de 214 Km. Atravessa 12 concelhos, entre eles o de Olhão. Num dos percursos da ecovia neste concelho pode-se desfrutar de um parque de merendas para descanso e lazer dos utentes deste circuito. Este parque de merendas possui um parque infantil, mesas, bancos com encosto, suporte para bicicletas e um ponto de informação do traçado da Ecovia do Litoral.

 

Para mais informações consulte o site: http://www.ecoviasalgarve.org/