289 700 100
 
geral@cm-olhao.pt
 
O ministro do Ambiente, João Pedro Matos Fernandes, esteve esta segunda feira no Algarve onde, entre outras iniciativas agendadas, se reuniu com o presidente da Câmara Municipal de Olhão. Em cima da mesa do encontro solicitado por António Miguel Pina esteve, entre outras questões, a Ilha da Armona.

2017-171-armona
No final, o autarca mostrou-se bastante satisfeito com as conversações que manteve com o governante: “Tenho razões para estar satisfeito, e têm todos os olhanenses que têm casas na Ilha da Armona”.

O otimismo de António Miguel Pina prende-se com o compromisso deixado por João Pedro Matos Fernandes de que, até final do ano, será aprovado o Plano de Intervenção e Requalificação (PIR) da Armona, instrumento de importância capital para a gestão daquele território.

Para além disso, o Ministro do Ambiente deixou também claro que, também até ao final de 2017, será renovada a concessão da Armona à Câmara Municipal de Olhão, por outro período de 30 anos, com nova delimitação territorial, por forma a salvaguardar os interesses de todos quantos possuem casa na ilha.

“O resultado destas conversações veio mais uma vez dar conta de que temos no Ministério do Ambiente um interlocutor privilegiado e atento às especificidades de um território como a Ilha da Armona e das suas gentes. Soubemos demonstrar ao senhor ministro a importância destes dois documentos, e ele tem sido sensível aos nossos apelos. Hoje é um dia muito feliz para todos os olhanenses, em particular os moradores da Ilha da Armona”, sublinhou António Miguel Pina à saída do encontro com o ministro do Ambiente.