289 700 100
 
geral@cm-olhao.pt
 
A Biblioteca Municipal José Mariano Gago foi o palco escolhido para o encerramento, esta terça feira, 15 de dezembro, das comemorações dos 25 anos da criação do Ministério da Ciência e Tecnologia em Portugal (1995-2020).

2020-140-comemoracoes-25-anos-ministerio-ciencia-tecnologia-02
O ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor, presidiu à sessão, que contou com a presença do presidente da autarquia, António Miguel Pina, bem como de diversas personalidades ligadas ao ensino, ciência e tecnologia, regionais e nacionais.

A escolha de Olhão, e da Biblioteca Municipal, para o encerramento do programa de comemorações que decorreu ao longo do ano, revestiu-se de um alto valor simbólico, uma vez que pretendeu homenagear José Mariano Gago, eminente professor universitário, cientista e político com origens familiares na freguesia de Pechão, primeira figura a assumir a pasta da Ciência e Tecnologia, no ministério criado em 1995 por António Guterres, falecido em 2015.

“Vinte cinco anos após a criação do Ministério da Ciência e Tecnologia em Portugal, podemos hoje afirmar que aposta no conhecimento tem de ser o nosso compromisso para o futuro e requer instituições científicas fortes, autónomas e abertas à formação, ao emprego científico, à criatividade e às novas fronteiras do conhecimento, de modo a fazermos face aos novos desafios societais, financeiros e culturais que emergem em Portugal e na Europa. O desenvolvimento da nossa capacidade científica e tecnológica durante as ultimas décadas representa hoje uma nova realidade para valorizar Portugal e os portugueses no mundo”, referiu na ocasião o ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor.

O governante deixou um elogio aos profissionais que fazem ciência e desenvolvem tecnologia em Portugal, e que "souberam colocar os interesses coletivos à frente de eventuais interesses individuais ou corporativos, para efetivamente promover e estimular o desenvolvimento científico ao melhor nível internacional" e criar no país "instituições de referência europeia".

A sessão foi aberta pelo líder da autarquia olhanense, António Miguel Pina, que sublinhou a visibilidade que a investigação científica e a tecnologia têm assumido, sobretudo, ao longo dos últimos meses, durante a pandemia, lembrando que “a Universidade do Algarve assumiu um papel primordial a nível nacional no que diz respeito à investigação e ao combate a este vírus, vindo provar, mais uma vez, o quanto é importante investir na ciência”.

As comemorações dos 25 anos do Ministério da Ciência e Tecnologia decorreram ao longo do ano de 2020, com debates, conferências, concertos e exposições, que decorreram em vários palcos de todo o país.

Encerraram em Olhão com o lançamento da coleção Ciência & Conhecimento, uma iniciativa do Ministério comissariada pelo livreiro e antropólogo Luís Gomes que reedita as primeiras edições de oito obras relevantes para a promoção da cultura científica, como A Origem das Espécies, de Charles Darwin, ou o Livro de Algebra en Arithmetica y Geometria, de Pedro Nunes, que será oferecida a estabelecimentos de ensino, bibliotecas, escolas e Clubes Ciência Viva de todo o país.

2020-140-comemoracoes-25-anos-ministerio-ciencia-tecnologia-03

2020-140-comemoracoes-25-anos-ministerio-ciencia-tecnologia-07

2020-140-comemoracoes-25-anos-ministerio-ciencia-tecnologia-20